Qual é o cheiro dos seus pensamentos?

Sou apaixonada pelos livros do Augusto Cury e por todo o ensinamento que eles trazem. Nas tantas linhas escritas ele mostra aos leitores como cuidar da própria saúde mental, e como tentar trabalhar com as cicatrizes que já se desenvolveram em nossas vidas. É claro que, para quem enfrenta depressão e ansiedade, o mais indicado é buscar ajuda profissional. Para quem não tem, é saudável também, mas, assim como a ajuda de um nutricionista, infelizmente, esse profissional não é regra até que não esteja aceso o sinal vermelho.

Grande parte do que li nos livros do Augusto Cury, levo para a vida. Ele diz, por exemplo, que devemos assumir a direção das nossas mentes. Direcionar nossos pensamentos e ações para manter nosso psicológico saudável.

A partir de tudo o que aprendi, desenhei um mundo imaginário. Sempre penso que nossos pensamentos são guardados em gavetas no nosso cérebro (é como se fosse um grande ficheiro), cada gaveta serve um assunto ou pessoa: mãe, pai, uma gaveta para cada filho, trabalho, relacionamentos amorosos e assim por diante.

Cada um desses pensamentos – colocados nas gavetas – pode ter um cheiro diferente: bom, neutro ou ruim. E aí, o resultado é o seguinte: sempre que você está em contato com uma pessoa, ou assunto, a gaveta é aberta e o cheiro que exala ali de dentro determina como você vai se sentir…

Qual é o cheiro que exala das suas gavetas? Qual é o aroma dos pensamentos e reações que você coloca em cada uma delas? Que tipo de piloto você tem sido para a sua mente? Direciona os pensamentos de forma positiva ou, deixa a vida te levar no piloto automático e transborda pensamentos negativos? Pare para pensar! É importante! Às vezes a gente cuida do que vai dizer aos outros, mas, não cuida daquilo que a gente pensa de nós mesmos, por exemplo.

O fim do ano se aproxima e eu tenho a consciência de que a vida não é fácil para ninguém. Para alguns, ela parece ser ainda mais difícil que para a maioria, mas, no geral, se eu posso desejar algo a você querida leitora e querido leitor, eu tenho a esperança de que: você assuma a direção da sua mente e busque encher sua vida de pensamentos com cheiro de chuva, aroma de cebola e alho dourando na panela, perfume de banho recém tomado e todos os outros cheiros que você possa amar!

E no mais… Já que gratidão tem um cheiro maravilhoso! Não posso deixar de agradecer! Obrigada a você que me acompanhou até aqui nessa empreitada de escrever as colunas sobre os tantos assuntos do nosso cotidiano! Espero que estejamos juntos também em 2022! Tenha um feliz ano novo!

4 comentários sobre “Qual é o cheiro dos seus pensamentos?

    • Concordo que a realidade é nua e crua, mas, acredito também que podemos treinar nossa mente para viver da melhor forma possível diante daquilo que se apresenta à nossa frente. Mas, está valendo não acreditar nisso também… cada um tem suas razões e tudo bem… Ninguém é dono da razão, não é mesmo?
      Boa noite pra você Jamur!

    • Oi Janio! Tem razão, devemos nos afastar de quem nos faz mal. Mas, também acho que o “grande lance” da vida é conseguir se manter positivo, mesmo diante de pessoas negativas. Melhor ainda se conseguirmos positivar quem vê o mundo em preto e branco! rs Boa noite pra você! Obrigada pela leitura!

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.