Athletico bi da Sul-Americana e a certeza que é um dos gigantes do país
Créditos: Staff Images / CONMEBOL

Por Pierre Andrade

Já são sete títulos em quatro anos. De 2018 para cá, o Furacão acumulou troféus. Bicampeão da Sul-Americana, campeão da Copa do Brasil, da Levain Cup e três Campeonatos Paranaenses. Pouquíssimos clubes do continente conquistaram tantas competições em tão pouco tempo. E essa lista ainda pode subir. Em breve, o rubro-negro decide mais uma edição da Copa do Brasil.

Não é segredo nenhum que desde 2001, o Athletico deixou os limites do estado e se tornou uma equipe de cenário nacional. 20 anos depois da conquista do Campeonato Brasileiro, o Furacão se transformou em um dos times mais temidos e dono do estádio mais moderno do Brasil. Realizações que confirmam clube paranaense como um dos gigantes do Brasil.

A estrutura montada pela equipe rubro-negra o alçou a um novo patamar. A camisa vermelha e preta é temida pelos adversários. Hoje, o Athletico figura sempre como postulante nas competições que disputa.

Inclusive, é injusto com o Athletico realizar comparações com Vasco, Botafogo e Fluminense. Se continuar nessa toada, o Cruzeiro também corre o risco de perder relevância para o Furacão. Por tanto, a afirmação correta não é se o Athletico é um dos gigantes, mas quais presentes nesta lista de 12 clubes ele deixa para trás.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.