Inflação do aluguel acumula alta de 31,1% em um ano, diz FGV

O IGP-M (Índice Geral de Preços Mercado) subiu 2,94% no mês de março, informou a FGV (Fundação Getúlio Vargas) nesta terça (30). Em 12 meses, a inflação do aluguel -como o indicador é conhecido- acumula alta de 31,10%.

FERNANDA BRIGATTI/SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)

A alta terá efeito sobre os contratos de locação com vencimento em abril. Se o proprietário decidir aplicar integralmente a variação do IGP-M, um aluguel de R$ 2.000 passará a custar R$ 2.622 no mês de maio. Segundo a FGV, o índice continua sofrendo a pressão dos preços de produtos agropecuários.

Em março, todos os componentes do IGP-M subiram. André Braz, coordenador de índice de preços, diz que a alta dos combustíveis neste mês também contribuiu para a inflação de preços ao produtor e ao consumidor.

Além de ser o índice mais usado no mercado imobiliário, o IGP-M também é utilizados nos cálculos de reajustes e revisões tarifárias dos setores de energia elétrica e de telefonia. Ele é também o indexador de contratos de empresas prestadoras de serviços, como educação e planos de saúde.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.