Por que os cascos dos navios são pintados de vermelho?

Grande parte dos navios tem uma pintura avermelhada na parte inferior do casco. A pintura indica a linha de flutuação e com ela são pintados números na proa. E o motivo? Além de uma antiga tradição marítima é essencial para a segurança dos tripulantes e da própria embarcação.

SS Great Eastern no seco. (Foto: Wikipedia)

Os navios eram construídos com madeira, até o século XIX. Somente após 1800 que os navios começaram a ser feitos de ferro e aço e as velas foram substituídas por motores a vapor. Os navios de madeira tinham que ser impermeabilizados e protegidos de cracas, algas marinhas e minhocas que se alimentavam da madeira. Para evitar esse dano estrutural, os marinheiros cobriam o casco dos barcos com tinta de cobre, protegendo o navio dos danos.

Foto: Detroit Publishing Company via Wikimedia Commons – Domínio Público

Foi a tinta de cobre que deu a tonalidade avermelhada à pintura dos navios. Ao aplicar essa camada de proteção, os navios não sofreriam sobrecarga causada por criaturas e plantas que se prendem no fundo da embarcação. Isso é um fator importante, dessa forma, qualquer coisa que se prenda no casco do navio aumenta o arrasto e diminui a velocidade do navio, o que também causaria uma maior queima de combustível.

Hoje em dia, os casos são pintados com uma tinta de óxido de cobre, nenhuma delas é obrigatoriamente vermelha mas, muitos ainda utilizam a cor como forma de honra a tradição naútica.

Crédito: Kevin Capobianco

Próximo a proa do navio, existem números pintados verticalmente, geralmente na cor branca. Essas marcações ajudam aos marinheiros a verificar a quantidade de carga que o navio está carregando. Quanto maior a carga, mais baixo na água o navio tende a ficar e o maior número será mostrado. Isso ajuda no calculo da quantidade de combustível que será necessário para a viagem.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.