Prazo para a entrega do Imposto de Renda encerra hoje (31), às 23h59

Quem se enquadra entre os contribuintes com entrega obrigatória da declaração, precisa enviar a documentação para a Receita Federal até o final da noite desta segunda-feira (31).

A Receita estima que sejam entregues este ano, um total de 32.619.749 declarações. Até o último balanço divulgado na sexta-feira (28), 27.576.564 haviam sido entregues.

Especialistas recomendam que o contribuinte entregue a declaração com os dados que tiver, mesmo que esteja incompleta é importante enviar as informações principais, lembrando que o modelo enviado (completo ou simplificado), não poderá ser alterado na retificação, porém a Receita dá a possibilidade de corrigir os dados depois. A multa mínima para quem não entregar dentro do prazo, é de R$ 165,74, mas pode atingir até 20% do imposto devido. Além disso, o CPF pode ficar irregular, o que pode impedir liberação de empréstimos, obter certidão negativa para venda ou aluguel de imóvel e até mesmo para prestar concurso público.

Mudanças

Entre as novidades do Imposto de Renda deste ano, está a necessidade de devolução do auxílio emergencial no caso de o contribuinte ter recebido o benefício em 2020 e também ter tido rendimentos tributáveis acima de R$ 22.847,76. O próprio programa de declaração da Receita gera um Darf (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) para a devolução do auxílio recebido indevidamente.

Hoje também será pago pela Receita Federal, o primeiro lote de restituições do Imposto de Renda 2021. O pagamento será feito na conta bancária indicada pelo contribuinte na declaração. Neste primeiro lote, devem receber a restituição os contribuintes que tem preferência no pagamento, como idosos, pessoas com deficiência e professores.

Calendário de pagamentos:

1º lote: 31 de maio

2º lote: 30 de junho

3º lote: 30 de julho

4º lote: 31 de agosto

5º lote: 30 de setembro

A consulta aos lotes é aberta cerca de uma semana antes da data do pagamento. Para saber se o seu pagamento foi liberado, você deve o site da Receita e informar o número do CPF e a data de nascimento para saber se o seu pagamento está ou não no próximo lote.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.