Bottas domina primeiro dia de treinos em pista ‘nova’ para a F-1 em Mugello

Valtteri Bottas liderou as duas sessões de treinos livres para o Grande Prêmio da Toscana, nos primeiros treinos oficiais que a Fórmula 1 fez na pista italiana de Mugello, nesta sexta-feira (11).

JULIANNE CERASOLI/SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS

finlandês marcou 1min16s989, baixando em quase dois segundos o recorde anterior da pista, que era de Rubens Barrichello, ainda em 2004, testando com a Ferrari, que é proprietária do autódromo. O líder do campeonato, Lewis Hamilton, que tinha ficado a mais de meio segundo do companheiro de Mercedes na primeira sessão, diminuiu a diferença e foi 207 milésimos mais lento no segundo treino. Depois de os pilotos terem sido mais conservadores na parte da manhã, os erros na pista de alta velocidade começaram a aparecer na parte da tarde na Itália: as duas Ferrari, de Charles Leclerc e Sebastian Vettel, rodaram, e a dupla teve um desempenho tímido, com o décimo e 12º lugares.

Na parte da manhã, Leclerc tinha sido o terceiro. Para piorar, com o cronômetro já zerado, Vettel disse para a equipe que o motor parou de funcionar, e deixou sua Ferrari pelo meio do caminho. Mas quem bateu mais forte foi o piloto da McLaren Lando Norris, que acabou gerando uma bandeira vermelha no meio da sessão. Ele tinha reclamado via rádio antes de colidir que o carro estava batendo no asfalto na entrada de algumas curvas, e acabou perdendo o controle. Na parte final, o treino foi interrompido mais uma vez, depois que Sergio Perez aparentou sair distraído dos boxes e teve um toque na primeira curva com Kimi Raikkonen.

Apesar das dificuldades, as equipes parecem estar se encontrando em Mugello. Depois de um primeiro treino em que vários companheiros de equipe tiveram resultados muito discrepantes entre si, os seis primeiros ficaram agrupados por times -as duas Mercedes na frente, seguidas por Max Verstappen e Alex Albon, da Red Bull, e depois a dupla da Renault, com Daniel Ricciardo em quinto e Esteban Ocon em sexto.

Os pilotos têm mais um treino neste sábado (12), a partir das 7h (de Brasília), para ajustar seus carros para a classificação, que começa às 10h. A F1 está fazendo o GP da Toscana neste final de semana justamente para comemorar os 1000 GPs da Scuderia na categoria, iniciando uma sequência de provas daqui até o final da temporada que serão disputadas ou em pistas totalmente novas para a categoria ou em circuitos que estarão de volta, como Imola e Istambul.

Isso é consequência direta da pandemia do novo coronavírus, já que provas que estavam inicialmente programadas na América e na Ásia tiveram de ser canceladas.

O 2º TREINO LIVRE DO GP DA TOSCANA

1º Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) – 1min16s989
2º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – +0s207
3º Max Verstappen (HOL/Red Bull) – +0s246
4º Alex Albon – (TAI/Red Bull) +s982
5º Daniel Ricciardo (AUS/Renault) – +1s050
6º Esteban Ocon (FRA/Renault) – +1s126
7º Sergio Perez (MEX/Racing Point) – +1s209
8º Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri) – +1s255
9º Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) – +1s396
10º Charles Leclerc (MON/Ferrari) – +1s411
11º Lance Stroll – (CAN/Racing Point) +1s473
12º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) – +1s509
13º Carlos Sainz (ESP/McLaren) – +1s662
14º Lando Norris (ING/McLaren) – +1s669
15º Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri) – +1s747
16º George Russell (ING/Williams) – +1s854
17º Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) – +1s955
18º Nicholas Latifi (CAN/Williams) – +1s994
19º Kevin Magnussen (DIN/Haas) – +2s124
20º Romain Grosjean (FRA/Haas) – +2s268

O 1º TREINO LIVRE DO GP DA TOSCANA

1º Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) – 1min17s879
2º Max Verstappen (HOL/Red Bull) – +0s048
3º Charles Leclerc (MON/Ferrari) – +0s307
4º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – +0s530
5º Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri) – +0s797
6º Esteban Ocon (FRA/Renault) – +0s926
7º Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri) – +0s960
8º Lando Norris (ING/McLaren) – +1s102
9º Alex Albon – (TAI/Red Bull) +1s189
10º Daniel Ricciardo (AUS/Renault) – +1s261
11º Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) – +1s340
12º Romain Grosjean (FRA/Haas) – +1s345
13º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) – +1s388
14º Carlos Sainz (ESP/McLaren) – +1s443
15º George Russell (ING/Williams) – +1s578
16º Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) – +1s599
17º Kevin Magnussen (DIN/Haas) – +1s672
18º Lance Stroll – (CAN/Racing Point) +1s957
19º Sergio Perez (MEX/Racing Point) – +1s961
20º Nicholas Latifi (CAN/Williams) – +2s155

 

Foto: Eduardo Knapp/Folhapress

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.