Autor de assassinato brutal na Ilha do Mel confessou em depoimento ter utilizado bebida alcoólica e drogas no dia do crime

No último domingo (27) um crime brutal chocou os moradores da Ilha do Mel, no Litoral  do Paraná. Ian Matthews Rosano Matiussi, de 19 anos, assassinou com chutes e socos Reinaldo Valentim, de 49 anos, nativo da Ilha do Mel. O autor confesso do crime admitiu, em depoimento à polícia civil, que no dia teria […]

No último domingo (27) um crime brutal chocou os moradores da Ilha do Mel, no Litoral  do Paraná. Ian Matthews Rosano Matiussi, de 19 anos, assassinou com chutes e socos Reinaldo Valentim, de 49 anos, nativo da Ilha do Mel.

O autor confesso do crime admitiu, em depoimento à polícia civil, que no dia teria feito uso de bebida alcoólica e maconha. Ele relatou, ainda, que se desentendeu com seus amigos e que estes teriam adicionado “MD” (substância psicoativa que altera a percepção dos sentidos) em sua bebida, o que posteriormente o causaria alucinações, fazendo com que ele acreditasse que os mesmo estariam planejando a sua morte.

Diante do seu delírio, o suspeito  teria  encontrado com  Nado Valentim catando latinhas na praia e teria interpretado que ele também tinha a intenção  de matá-lo e, a partir deste momento,  iniciaram as agressões que provocaram a morte da vítima que possuía deficiência mental.

De acordo com o delegado responsável, Dr. Rafael Bacellar, Ian foi preso em flagrante no dia 27 de dezembro e, após a audiência de custódia realizada na segunda-feira (28), teve a prisão preventiva decretada pela justiça por apresentar argumentos insuficientes. Desta forma, o réu segue na  cadeia pública de Paranaguá.

Nossos Programas