Destaque
Jovem é assassinado com quatro tiros na cabeça na Praça do Guincho, em Paranaguá
(Imagem: Leo Coelho/TVCI)
Com informações de Leo Coelho

No final da noite desta sexta-feira (10), por volta de 23h47, um jovem, de 22 anos, foi assassinado com quatro tiros na cabeça na Praça do Guincho, localizada na área central de Paranaguá.

A vítima estava com a namorada e o irmão em um comércio da região quando foi alvejada por um disparo de arma de fogo. Segundo informações, o jovem havia ido ao banheiro com o suspeito e ao retornar para a área externa foi baleado.

Uma equipe do SAMU foi acionada e constatou o óbito.

A Polícia Militar isolou a área até a chegada da criminalística e do IML – Instituto Médico Legal de Paranaguá.

Câmeras de segurança instaladas nos estabelecimentos devem auxiliar a Polícia Civil na investigação do crime. Até o fechamento desta reportagem, nenhum suspeito foi localizado.

Este é 59° homicídio registrado em Paranaguá e o 105° no litoral.

3 comentários sobre “Jovem é assassinado com quatro tiros na cabeça na Praça do Guincho, em Paranaguá

  1. Paranaguá é a pior cidade do Paraná. A cidade foi sitiada por traficantes de drogas, assaltantes e todo tipo de escória imaginável. O município não está longe de tornar-se um novo Rio de Janeiro. Essa cidade não tem futuro; quem puder; mude-se o quanto antes.

  2. Guerra do trafico ta ficando pesado em paranagua.sendo que a maior facçao domina toda a cidade(pcc) e em outros 3 bairros da cidade incluindo Jd iguaçu esta outra(cv).

    Qualquer situaçao que eles considere que a pessoa seja oposiçao eles metem bala. As vezes nem precisa ser exatamente da outra facçao so de morar la e parecer que seja ja eras.
    E paranagua assim como santos e outras cidades litorâneas tem uma forte saida pro trafico internacional.nesse caso a facçao que domina sempre tera mais vantagens no porto.

  3. A maioria dos homicídios no Brasil são cometidos por impulso ou motivo fútil.

    A educação é a melhor melhor “arma” que temos para que possamos diminuir estes números lamentáveis que assolam a nossa cidade e o nosso país!

    Se não colocarmos pessoas honestas e sem segundas intenções para nos representar politicamente, não sairemos deste “buraco” que atualmente nos encontramos.

Deixe uma resposta para Ericsson Veiga Cancelar resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.