Receita Federal apreende 322 quilos de cocaína no terminal de contêineres do Porto de Paranaguá

Agentes da SAVIG – Setor de Vigilância Aduaneira da Alfândega da Receita Federal do Porto de Paranaguá realizaram na noite desta quinta-feira, 3, durante ação de fiscalização, a 18.ª apreensão de cocaína no terminal portuário. A droga estava escondida dentro de um contêiner carregado com caixas de cerâmica. A estrutura com a mercadoria seria embarcada […]
Agentes da SAVIG – Setor de Vigilância Aduaneira da Alfândega da Receita Federal do Porto de Paranaguá realizaram na noite desta quinta-feira, 3, durante ação de fiscalização, a 18.ª apreensão de cocaína no terminal portuário. A droga estava escondida dentro de um contêiner carregado com caixas de cerâmica.
A estrutura com a mercadoria seria embarcada em um navio que seguiria para o Porto de Valência, na Espanha.

Ao todo foram apreendidos 322 quilos de cocaína.

As bolsas com a droga foram localizadas durante o trabalho rotineiro de fiscalização e monitoramento das cargas que são movimentadas no terminal de contêineres do porto. Os agentes contam com um scanner de alta precisão que ajuda na identificação e localização dos tabletes. Ao identificar uma situação suspeita, dentro da estrutura, ela é separada e aberta.

Esta foi a 18.ª apreensão de cocaína no terminal de contêineres do porto este ano. Ao todo, foram apreendidas mais de 5.8 toneladas do entorpecente durante as ações de fiscalização realizadas em 2020.
A última aconteceu no dia 4 de novembro, quando foram apreendidos cerca de 324 quilos da droga. Os tabletes do entorpecente estavam escondidos em pallets de compensados, que seriam enviados para o porto de Antuérpia, na Bélgica.

Nossos Programas