Destaque
Candidatura do prefeito Marcelo Roque é mantida pelo TSE
Por Daiane Nogoceke

Justiça decide que não houve continuidade de grupo político

Na noite da última terça-feira (30), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou por maioria de votos a candidatura do atual prefeito de Paranaguá Marcelo Roque. O processo já havia passado pela justiça eleitoral do estado (TRE-PR) em dezembro de 2020, onde a reeleição já havia sido confirmada.

O registro de candidatura de Marcelo Roque à prefeitura de Paranaguá na última eleição foi questionado pelas coligações adversárias, que alegaram se tratar de uma terceira candidatura, já que seu pai havia sido eleito no mandato anterior, quando Marcelo assumiu pela primeira vez o cargo de prefeito.

A Constituição Federal proíbe que uma mesma pessoa ou núcleo familiar seja mantido no poder por três mandatos consecutivos. Mas nesse caso, como o pai do atual prefeito faleceu em menos de seis meses à frente do cargo, a justiça decidiu a favor de Marcelo Roque.

O prefeito reforçou a fala do Ministro Alexandre de Moraes, explicando que com o falecimento do seu pai não houve continuidade de grupos políticos, e sim, a ruptura do grupo. Além disso, ele ainda destacou que também não teve o apoio do vice-prefeito que assumiu o mandato do seu pai quanto à sua candidatura.

Com a vitória em terceira instância no TSE, Roque espera que os adversários aceitem a decisão da justiça, e acrescenta que mesmo com a possibilidade de levar a discussão para o Supremo Tribunal, esse resultado é muito difícil de reverter. Roque espera que agora os adversários deixem a atual gestão trabalhar. “É continuar trabalhando, e desenvolver por Paranaguá”, afirmou.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.