Erastinho é primeiro hospital especializado em oncopediatria do Sul do país

Hospital terá capacidade para realizar 17 mil consultas, 500 cirurgias e 85 mil procedimentos por ano

Por Pierre Andrade

Na tarde desta terça-feira foi inaugurado o Erastinho, hospital especializado em oncopediatria. A obra, orçada em R$30 milhões, levou cinco anos para ser concluída. Para tirar do papel o projeto de erguer o primeiro hospital da Região Sul especializado em tratar crianças e jovens com câncer, foi preciso união de esforços.

“Este hospital é fruto de trabalho de muitas mãos. Sociedade, poder público e população. Esse trabalho conjunto resultou em uma instalação moderna”, afirmou Carlos Massa Ratinho Júnior, governador do Paraná.

O novo hospital conta com 43 leitos de UTI e internamento, atendimento ambulatório, centro cirúrgico, entre outros setores. Crianças e adolescentes com câncer que antes eram atendidos na ala pediátrica do Erasto Gaertner, passarão a ser tratados no novo hospital. Isso permitirá dobrar a capacidade de atendimento e salvar mais vidas.

“O Erastinho quer bater muito forte na questão do diagnóstico precoce. Vamos trabalhar com prevenção, diagnóstico, tratamento, ensino e pesquisa”, disse Adriano Lago, superintendente do Hospital Erasto Gaertner.

O Erastinho terá capacidade para até 17 mil consultas, 500 cirurgias e mais de 85 mil procedimentos por ano. A transferência de pacientes do Erasto Gaertner para o Erastinho acontecerá de forma gradual

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.